Zika Virus, a doença misteriosa

Zika Virus, a doença misteriosa – Pesquisadores do Instituto de Bilogia da Universidade Federal da Bahia, identificaram o Zika vírus (ZIKV), responsável pelo surto da doença que até então tinha atingido a Bahia, mas agora está em vários estados do país e mais que isso, foi descoberto que os inúmeros casos de microcefalia tem a ver com o Zika Vírus.

Neste artigo vamos falar do Zika Vírus, o que é, qual sua relação com a microcefalia, sintomas e cuidados com esta doença.

O que é Zika vírus

É um vírus transmitido pelo mosquito da dengue o Aedes aegypti, provoca vários sintomas que logo mais citaremos.

O Zika vírus foi descoberto e, 1947, num macaco em Uganda na Africa, o nome Zika é o mesmo nome da Floresta onde foi descoberto o vírus.

20 anos mais tarde, ou seja, em 1967, o Zika vírus foi isolado em seres humanos na Nigéria. Depois se espalhou por vários lugares da Africa, Asia até alcançar a Oceania.

Supostamente o Zika Vírus chegou ao Brasil durante a Copa do Mundo de 2014, trazido por turistas. No Brasil ele encontrou no Aedes aegypti um vetor para sua transmissão, pois este mosquito é bem semelhante aos mosquitos que transmitem a doença no continente africano, como por exemplo, o Aedes albopictus, Aedes africanus, Aedes furcifer, entre outros.

Zika vírus

Sintomas do Zika vírus

O Zika vírus que é transmitido pelo Aedes aegypti que também transmite a dengue, a febre amarela e febre chicungunha

Os sintomas nestas doenças são bem parecidos, porem o da Zika é um pouco mais fraco, fique atento aos sintomas listados abaixo:

  • Febre de 38 graus
  • Dor de cabeça;
  • Dor no corpo;
  • Dor nas articulações;
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Mal-estar;
  • Coceira forte e intensa

Sintomas Zika Vírus

Cuidados Zika vírus

Como ainda não existe uma vacina ou remédio para combater, a melhor forma de combater é a prevenção, acabar com focos do mosquito da dengue, o tratamento é feito com uso de analgésicos, anti-inflamatório não -esteroides, antitérmicos que não tenham acido acetilsalicílico. A pessoa que esteja com a doença do Zika vírus, além de combater com estes remédios é necessário se manter bem hidratado e procurar um médico assim que notar os sintomas.

Zika vírus e microcefalia

Já sabemos o que é a Zika Vírus, agora vamos entender o que é a microcefalia e a relação com o vírus

Microcefalia

É uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal.

Como saber se o bebê tem microcefalia?
A microcefalia é diagnosticada quando o perímetro da cabeça é igual ou menor do que 33 cm – o esperado é que bebês tenham pelo menos 34 cm. Mas atenção: isso vale apenas para crianças nascidas a termo (com 9 meses de gravidez). No caso de prematuros, esses valores mudam e dependem da idade gestacional em que ocorre o parto.

Relação Zika vírus e microcefalia

O Ministério da Sude deu seu parecer sobre o surto da microcefalia e chegou a conclusão que este surto tem a ver com o Zika vírus.

Essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. As investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer questões como a transmissão desse agente, a sua atuação no organismo humano, a infecção do feto e período de maior vulnerabilidade para a gestante. Em análise inicial, o risco está associado aos primeiros três meses de gravidez”, informou Ministério da Saúde, por meio de nota à imprensa.

Portanto, as gravidas devem tomar cuidado redobrados em relação ao mosquito da dengue, usar sempre calças, camisas de mangas, usar repelentes, além de ter aqueles cuidados de não deixar água parada, entre outros, para combater o mosquito da dengue.

Número de casos notificados com suspeita de microcefalia por estado:
Pernambuco – 646
Paraíba – 248
Rio Grande do Norte – 79
Sergipe – 77
Alagoas – 59
Bahia – 37
Piauí – 36
Ceará – 25
Rio de Janeiro – 13
Tocantins – 12
Maranhão – 12
Goiás – 2
Mato Grosso do Sul – 1
Distrito Federal – 1

56

No Responses

Write a response