Tudo sobre a Dengue, sintomas, tratamento e prevenção

A dengue é uma das principais causadoras de espanto entre os brasileiros, principalmente no período entre verão e outono, quando seu desenvolvimento e período de proliferação chegam ao ápice (no Brasil). Trata-se de uma doença aparentemente simples, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, mas que porém pode adquirir estados mais agudos e levar algumas pessoas ao óbito.

O que é dengue

tudo sobre a dengue

A dengue é uma doença com característica febril, ou seja, quando o paciente é contaminado pelo mosquito, os primeiros sintomas são geralmente febre e dores musculares, muito semelhantes aos sintomas comuns de uma gripe. Em boa parte das pessoas o vírus passa despercebido, muitas vezes por sua carga genética ou até mesmo por sua vitima ter uma boa imunidade.

Dividi-se em três tipos de sintomas, sendo o clássico, o hemorrágico e o agudo, além de seu vírus conter quatro variações.

Tipos de dengue

A dengue é dividida em quatro tipos, sendo DEN1, DEN2, DEN3 e DEN4. Nestas variações os sintomas são muito semelhantes, sendo o principal diferencial a questão da imunidade. Uma pessoa que foi contaminada e tratada para um tipo de dengue, ainda pode ser novamente contaminada com os outros três tipos, até por isso a dificuldade do controle.

Após a contaminação, os casos podem variar entre dengue clássica, menos perigosa, além de dengue hemorrágica e síndrome do choque da dengue, está última a mais perigosa.

Dengue sintomas

Os sintomas da dengue podem se confundir com os de um resfriado comum, incluindo principalmente o estado febril, com temperatura entre 39ºC a 40ºC, perda de apetite, dificuldade para enxergar e movimentar os olhos, dores corporais e cansaço, além de vômito e dores nas articulações do corpo.

sintomas da dengue

A dengue hemorrágica segue a mesma linha de sintomas, porém após alguns dias a febre acaba cedendo, entrando em seu lugar as hemorragias, que são rompimentos de pequenos vasos sanguíneos. Após estes casos, se a doença não for tratada ou estiver muito aguda, podem acontecer casos de choques da dengue, que são os casos mais extremos de manifestação da doença, quando ocorre brusca perda de pressão arterial, acompanhado de desorientação e muita fraqueza.

Tratamento da dengue

O diagnóstico da dengue demora até quatro dias, que é o tempo que o laboratório leva em média para analisar as amostras de sangue do paciente. Quando a suspeita é muito grande e alguns agravantes físicos estão presentes, o médico da unidade hospitalar pode sugerir a internação. Geralmente o paciente aguarda em casa até o resultado dos exames.

Não existe um tratamento que seja específico para a dengue, sendo que o processo é muito semelhante ao de um resfriado, em que tenta-se manter as boas condições corporais, principalmente com muita hidratação e repouso. Se este método não funcionar, o paciente é encaminhado para internação.

É muito importante, durante o tratamento, não tomar aspirinas, que são feitas a base de ácido acetilsalicílico, pois estes medicamentos podem acabar agravando o problema, principalmente relacionado aos sangramentos. Anti-inflamatórios, que não sejam hormonais, podem também acabar agravando o problema.

O mosquito da dengue

O mosquito da dengue é o Aedes aegypti, característico de climas tropicais e sub-tropicais. Sua proliferação é muito rápida, em que os ovos são depositados em água parada, para caracterizar o bom ambiente para o desenvolvimento, que necessita de umidade e calor, até mesmo por isso o maior aparecimento da doença próximo ao verão.

Os ovos podem sobreviver até um ano, sendo até mesmo transportados involuntariamente. O ciclo de vida do mosquito é de 45 dias e as picadas são proveniente da fêmea, que necessita das proteínas do sangue humano para o desenvolvimento de seus ovos.

Como prevenir a dengue

A prevenção da dengue é muito específica, entretanto a população deve colaborar com as autoridades públicas. Cabe a cada cidadão analisar sua casa e evitar locais com água parada, tendo em vista que são ambientes ideias para o desenvolvimento do mosquito. Caso queira fazer uma denúncia de possíveis focos de dengue, ligue no número: 0800 61 1997 ou procure a vigilância sanitária de seu município.

Para a proteção pessoal, recomenda-se tentar manter uma boa saúde e boa nutrição, pois isso consequentemente fará com que o corpo fique mais resistente a doenças. Em caso de dengue, procure um médico e adote repouso absoluto.

51

No Responses

Write a response